perspectivas

Domingo, 14 Abril 2013

Hegel e Averróis

Filed under: filosofia,gnosticismo,Quântica,Ut Edita — O. Braga @ 6:12 pm
Tags: , , , ,

S e olharmos para a essência do pensamento metafísico de Averróis (o “intelecto, agente separado”) verificamos que coincide com a essência do pensamento metafísico de Hegel (o “Espírito do Mundo em marcha”). O “intelecto, agente separado” de Averróis, e o “Espírito do Mundo em marcha” de Hegel, para além de terem uma essência idêntica, anulam a individualidade humana que fica reduzida à estrutura (Eidos) da História. Não admira que a metafísica de Hegel resultasse no marxismo. As mesmas razões que serviram para refutar Averróis, servem para refutar Hegel.

“Os homens fazem a História que os faz; a História faz os homens que a fazem; e os homens fazem a sua história sem a fazer.” — Edgar Morin

averroes-smlA verdade é que não existe “sentido da História” que seja inteligível pelo ser humano — se é que existe um “sentido da História”. O povo diz que “Deus escreve direito por linhas tortas”, mas seria absurdo que disséssemos que “Deus é a História” — como se todo o universo se reduzisse aos desígnios de um ponto terrestre quase infinitamente minúsculo da Via Láctea.

A razão por que “as coisas aconteceram assim e não de outro modo” pertence ao domínio da metafísica quântica, por um lado, e à teologia, por outro lado — e não ao domínio da filosofia da História. A História é apenas um produto do livre-arbítrio (que pode ser humano ou não, e qual é a parte não-humana desse livre-arbítrio não podemos saber através da filosofia) que determina o comportamento dos “vectores de estado” quânticos em um determinado sentido ou noutro qualquer, dentro de uma miríade quase infinita de possibilidades, definindo assim os acontecimentos que se realizaram no passado e se realizarão no futuro.

O conceito, da física quântica, de “vector de estado” (função de onda quântica) destruiu a dialéctica hegeliana. Os dois conceitos são logicamente irreconciliáveis. Ou a ciência e o formalismo matemático estão errados, ou Hegel está errado.

A “síntese” só é racional na medida em que decorra ou resulte do livre-arbítrio e em função das probabilidades colocadas ao dispôr da liberdade — e não em função de um determinismo histórico, conforme defendido por Hegel. A “síntese” só faz sentido no avesso hegeliano (produto da liberdade), o que significa que Hegel inverteu o sentido de “síntese”

« O futuro não é uma melhoria do presente. É outra coisa.» — Elsa Triolet

No sentido quântico, a “síntese” é produto da Vontade (humana ou não), por isso, livre (no sentido da ideia de “liberdade de escolha dentro de um labirinto quase infinito”); a “síntese” (a escolha do “vector de estado”) não tem necessariamente a ver com a tese e com a antítese: a “síntese” pode ser logicamente e existencialmente independente das duas últimas. Esta é uma das razões por que a noção de “progresso” (e de “evolução no sentido de progresso”), é uma interpretação puramente subjectiva da realidade, e até uma forma de delírio interpretativo.

2 comentários »

  1. Tendo em conta os padrões de comportamento (ou alienação) vigentes, me pergunto: não teria sido a Vontade humana alienada a um garçom esperto num baile de máscaras com músicas imcompreensíveis?

    Sempre que buscamos solidificar (aumentar a probabilidade de sucesso) de um padrão moral mais saudável, vêm alguns e mudam seus efeitos na ponta do iceberg. Levamos um peixe da profundezas das águas ao cume do iceberg à tona e uma gaivota vêm, morde e deixa sua saliva putrefata a deixar rançoso o peixe.

    Tudo como salivas do Caos, entende? Como dizem as “gaivotas”: Ordo ab Chaos. Ou seria: Mutante Chaos, ortante Ordo??

    Em meu pobre latim, ousaria dizer que:

    Sementibus plantatis, permutantur avia.

    Gostar

    Comentar por Ebrael Shaddai — Segunda-feira, 15 Abril 2013 @ 1:18 am | Responder

    • Corrigindo:

      Mutante Chaote, exsurgente Ordine. Como disse, meu Latim ainda é rudimentar!

      Gostar

      Comentar por Ebrael Shaddai — Segunda-feira, 15 Abril 2013 @ 1:29 am | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: