perspectivas

Sexta-feira, 1 Março 2013

O governo brasileiro considera a sodomia um comportamento sagrado

O governo de Dilma Roussef pretende proibir que se diga publicamente, por exemplo, que um sodomita tem uma enorme probabilidade de contrair a SIDA/AIDS. Para o governo brasileiro, o apanascamento é um acto sagrado e não pode ser passível de qualquer crítica. Podemos criticar o mulherengo; podemos criticar o bígamo; podemos criticar o amoral; podemos criticar o pedófilo; podemos criticar o ladrão; podemos criticar o amigo da onça, etc., — mas criticar o apanascamento é heresia porque, segundo o governo brasileiro, é um comportamento sagrado.

Para Dilma Roussef, enfiar um pénis no ânus é de tal forma um acto sagrado que já se fala em decretar a censura de opinião e a proibição da leitura, nas igrejas, de passagens bíblicas que sejam críticas em relação à sodomia.


“Brazilian lawmakers are seeking pass a law prohibiting “homophobia,” which would potentially outlaw all criticism of homosexual behavior. The bill is part of the country’s criminal code reform currently being undertaken in the National Congress, according to members of Brazil’s newly-formed National Association of Evangelical Jurist (ANAJURE).”

via Video: Brazilian politicians seeking to outlaw 'homophobic' speech, warn evangelicals | LifeSiteNews.com.

Destruição de Sodoma, por Camille Corot (1796-1875)

Destruição de Sodoma, por Camille Corot (1796-1875)

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: