perspectivas

Quinta-feira, 21 Fevereiro 2013

A União Europeia pretende controlar a imprensa de todos os países

A União Europeia emitiu um relatório (solicitado por Neelie Kroes, comissária para as “Novas Tecnologias”) com o título “Os média livres e pluralistas para sustentar a democracia na Europa”.

broken_flag_of_europeO relatório defende “a criação de um conselho independente em relação aos média” em cada país da União Europeia. Este “conselho independente” deverá “dispor de poderes reais de sanção, como por exemplo a capacidade de impor emendas, de ordenar a difusão de desculpas públicas, ou a retirada da carteira profissional de jornalista. Segundo a União Europeia, a criação deste “conselho independente” servirá para “proteger a liberdade de imprensa e o pluralismo”.

A construção do leviatão da União Europeia revela um paroxismo maquiavélico: utiliza-se o conceito de “democracia” para eliminar, lenta mas paulatinamente, a própria democracia (Nigel Farage tem razão).

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: