perspectivas

Segunda-feira, 18 Fevereiro 2013

Os “direitos” da Esquerda são leis da natureza

A petição Defender o Futuro que contesta as “medidas ideológicas” – como o casamento homossexual, o aborto e a mudança de sexo – legisladas pelo anterior governo, vai chegar nas próximas semanas à Assembleia da República. Apesar dos socialistas defenderem que este movimento não espelha o consenso com que a sociedade portuguesa recebeu estas alterações, a maioria PSD/CDS considera oportuno rever algumas matérias.

via PSD e CDS admitem discutir recuo na lei do aborto e do casamento gay | iOnline.

Uma das grandes vitórias culturais da Esquerda foi ter instituído na sociedade uma cultura dos “direitos irrevogáveis”, através da qual qualquer “direito” promulgado por uma qualquer lei esquerdista, por mais abstrusa, irracional ou anti-social que seja, passa a ser sinónimo de “progresso” e interpretada como uma lei da natureza. E qualquer tentativa de anular a irracionalidade de um “direito” em forma de lei é vista pela Esquerda como uma heresia.

Isabel Moreira

Isabel Moreira

A Esquerda — incluindo o Partido Socialista — diz que as leis anti-sociais socratinas foram promulgadas por um consenso que não existiu. Desde logo, o presidente da república vetou todas elas. E até mesmo a lei do aborto — que foi submetida a um referendo que não foi legalmente consequente, na medida em que uma esmagadora maioria dos portugueses optou pela abstenção (não se referenda a vida humana!) — esteve longe de qualquer “consenso” alargado.

A Esquerda serve-se do formalismo positivista do Direito para introduzir a aberração moral na lei, ao mesmo tempo que (Isabel Moreira) confunde propositadamente “paz social” com “paz podre” e dissonância cognitiva do povo. Não faz sentido, por exemplo, que uma pessoa idosa, que se desloque a um hospital, pague uma taxa moderadora, e que uma mulher que queira abortar “a pedido” discricionário não pague taxa nenhuma. Conclui-se que a visão de Isabel Moreira sobre a lei do aborto, por exemplo, é a de uma mente doente e que precisa urgentemente de tratamento psiquiátrico.

Adenda: Assine a petição “Defender o Futuro” e corrija o legado de José Sócrates

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: