perspectivas

Quinta-feira, 13 Dezembro 2012

Suécia, um país totalitário

Dominic webO caso de Annie Johansson e do seu filho Dominic constitui apenas uma das múltiplas facetas do novo tipo de totalitarismo de que a Suécia é o principal intérprete europeu. No dia 12 de Dezembro p.p., dia internacional dos direitos humanos, um tribunal superior da Suécia retirou a custódia de Annie Johansson sobre o seu filho, o pequeno Dominic, alegando que a criança tinha “cavidades nos dentes”.

O que se passa na realidade com o Dominic é que a sua mãe, Annie Johansson, é acusada de ensinar o seu filho em casa. Na Suécia, o ensino em casa é proibido por lei — e o mesmo se passa na Alemanha depois de uma lei de Hitler de 1933. O caso de Dominic pode ser acompanhado neste blogue.

Em Portugal, o ensino em casa é permitido por lei. Qualquer país realmente livre permite o ensino em casa, embora controlado pelas autoridades educativas.

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: