perspectivas

Sábado, 9 Junho 2012

A burrice, são os outros

“Last week, Gallup announced the results of their latest survey on Americans and evolution. The numbers were a stark blow to high-school science teachers everywhere: forty-six per cent of adults said they believed that “God created humans in their present form within the last 10,000 years.” Only fifteen per cent agreed with the statement that humans had evolved without the guidance of a divine power.”

via Studying the Brain Can Help Us Understand Our Unscientific Beliefs : The New Yorker.

Se perguntarmos a quase toda a gente que defende o darwinismo — incluindo jornalistas, “intelectuais”, políticos e mesmo muitos cientistas — se já leram, por exemplo, literatura especializada acerca do conceito bioquímico de “complexidade irredutível”, estou convencido que dirão que não; que não leram.

Se perguntarmos por que não leram nada acerca deste tema, dirão que se trata de criacionismo bíblico e, por isso, de superstição e, portanto, não vale a pena ler. E portanto estamos num círculo vicioso: não lêem porque é superstição; mas é superstição exactamente porque não lêem.

E depois, esses mesmos darwinistas vêm a terreiro clamar que apenas 15% da população acredita no darwinismo, e dizer que, por isso, 85% da população é constituída por atrasados mentais.

Na linguagem gnóstica, os 15% de auto-iluminados, crentes do dogma darwinista, constituem os novos Pneumáticos; e os 85% que duvidam do dogma são os novos Hílicos — os desgraçados privados da “salvação”.

Em boa verdade, os darwinistas — incluindo, por exemplo, o Hélio Dias, do Rerum Natura — não se distinguem daquele tipo de criacionista que acredita que a Terra surgiu há 100 mil anos, e que os dinossauros desapareceram há 5 mil anos; o arquétipo mental é idêntico, nos dois casos.

Nota: Jean-Paul Sartre dizia que “o inferno são os outros”. Os darwinistas dizem que “a burrice são os outros”.

Anúncios

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.