perspectivas

Sexta-feira, 4 Maio 2012

O reflexo de Pavlov da Esquerda portuguesa

A Esquerda portuguesa saliva já à espera da vitória de Hollande em França, porque está em causa mais um passo substancial na degradação dos costumes e dos valores ontológicos aplicados à sociedade. O radicalismo político alienígena funciona como uma espécie de reflexo de Pavlov de uma Esquerda portuguesa salivante à espera de uma nova hora de predação.

Perante um forte consenso nacional em torno de uma mão cheia de valores éticos e morais, a Esquerda recorre sempre ao argumento da “galinha da vizinha é sempre melhor do que a minha”, dizendo que “em França também é assim!”. O povo português é conservador nos costumes, e a única forma que a Esquerda encontrou para varrer os valores éticos cristãos da sociedade portuguesa foi apontando exemplos de radicalismo político oriundos dos “modernos países” da União Europeia.

Hollande irá fornecer um manancial de novas metanóias no Partido Socialista que, mais uma vez, irá a reboque do Bloco de Esquerda, como sempre tem acontecido desde que Guterres se apercebeu do “pântano”.

Desde logo, a França de Hollande vai legalizar a eutanásia a pedido do cliente, grátis, e em hospital público; depois, vai expandir o prazo temporal para o aborto em França; não contente, irá legalizar o “casamento” gay e a adopção de crianças por duplas de avantesmas. E isto é só aquilo que ele anunciou, fora o que ele ainda não disse…

Vai daí, podemos esperar, no futuro próximo, mais um tempo de autêntico terrorismo ético-cultural esquerdista em Portugal. Vamos ter mais terror psicológico destilado pelos me®dia entrando pelas nossas casas adentro. Vamos ter um Partido Socialista manietado pelo radicalismo do Bloco de Esquerda, tentando conciliar o inconciliável; e vamos ter um Passos Coelho que “nem sim nem não, antes pelo contrário”; e um Paulo Portas em defesa do pluralismo ideológico no CDS/PP.

Karl Popper surpreendeu-nos com a ideia de que “devemos lutar fanaticamente contra os fanáticos”. Ele próprio não se deu bem conta do raciocínio paradoxal em que incorreu, porque quem luta fanaticamente contra fanáticos, também é fanático. Contra fanáticos, só se pode ser fanático. É esta merda que nos espera.

Anúncios

1 Comentário »

  1. Eu não diria melhor; subcsrevo inteiramente; tudo o que diz, só pode pecar por defeito. logo veremos.
    Cumpts

    Comentar por Inspector Jaap — Segunda-feira, 7 Maio 2012 @ 4:54 pm | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.