perspectivas

Domingo, 22 Janeiro 2012

A “Primavera Árabe” e as eleições no Egipto

“Los islamistas arrasaron en las elecciones legislativas de Egipto y lograron tres cuartos del total de escaños de la Cámara Baja.”

via Los islamistas arrasan en las elecciones egipcias – Libertad Digital.

Quando em princípios de 2011, eu coloquei muitas reservas em relação à denominada “Primavera Árabe” — e como muitas vezes acontece com as ideias expressas neste blogue — fui chamado de “reaccionário”. Quando escrevi este texto criticando a posição de Jane Burgermeister de apoio à “Primavera Árabe”, eu tinha razão e Jane Burgermeister estava errada!

Três quartos dos votos dos egípcios [ou será “egícios”, segundo o Acordo Ortográfico ? Já nem sei como escrever… ] foram para partidos islamistas radicais e defensores da Sharia [a lei islâmica que substitui o Estado de Direito].

Quem ganhou com a Primavera Árabe, para além dos próprios radicais islâmicos? Resposta: a Aliança Karl Marx / Maomé.

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: