perspectivas

Quarta-feira, 26 Outubro 2011

O que é o Valor? (1)

Filed under: ética,cultura,filosofia,politicamente correcto — O. Braga @ 7:34 am
Tags: , , ,

“O valor é o espírito em acto” — Louis Lavelle (“Tratado dos Valores”)

Quando há muitos anos comecei a ler o livro “Tratado dos Valores” de Louis Lavelle — um livro antigo que me foi oferecido por um tio meu, ainda era eu jovem quase imberbe, e que está editado ainda segundo a reforma ortográfica de 1945 — não percebi quase nada do seu conteúdo. Fechei o livro e coloquei-o na prateleira à espera de melhores dias, mas não o esqueci. Anos mais tarde, e depois de ter deambulado pela ética e pela metafísica, voltei ao livro e passei a compreender a sua mensagem; o livro deixou de ter segredos, a linguagem já não era esotérica e fechada, os símbolos utilizados tornaram-se inteligíveis, porque na sua essência Louis Lavelle fundamenta-se em Aristóteles! O problema é que temos de conhecer Aristóteles o suficiente (entre outros pensadores, incluindo a ética de S. Tomás de Aquino) para que a linguagem e os conceitos de Louis Lavelle se nos tornem compreensíveis.

Este intróito leva-nos ao tema deste postal: o valor. O que é o valor? Por que é que damos valor a uma coisa (seja material, moral ou espiritual) e não damos valor (ou damos menos valor) a outra coisa?

A resposta mais comum é a de que “os gostos são relativos: umas pessoas gostam mais de umas coisas, e outras pessoas preferem outras coisas”. De facto, isto é verdade; mas também é verdade que o que é relativo aponta para o absoluto: o absoluto implica o relativo — como o que o exprime e o manifesta — e o relativo implica o absoluto — como o que o pressupõe e fundamenta. O relativo sem o absoluto (absoluto = Todo = Totalidade = Englobante ) deixa de fazer sentido lógico. Por exemplo, na teoria da relatividade de Einstein, a posição relativa do observador tem em consideração e existe em função, sempre, da totalidade do sistema sem a qual a relatividade do observador deixaria de fazer sentido lógico.

Outra resposta comum à pergunta sobre “o que é o valor”, um pouco mais intelectualizada, é o recurso ao argumento do “desejo: o ser humano deseja, e desse desejo nasce o valor”. De facto, isto também é verdade, mas trata-se de um desejo racionalizado e não apenas um desejo instintivo. Escreve Louis Lavelle:

“(…) na verdade, em que consiste a essência do Homem? Se por ela entendermos a sua essência animal, tal como se fixou mediante a hereditariedade, o que com ela se relaciona é da ordem do factual, e não da ordem do valor; mas se o que entendemos pela sua essência é a sua liberdade espiritual e pessoal, quer dizer, a possibilidade de se determinar a si própria em um ininterrupto progresso interior, então o que tem relação com o valor é o que precisamente exprime a sua relação com o Todo, é o que aumenta sem cessar a sua participação no Todo e não deixa simultaneamente de o enriquecer e aprofundar.”

Portanto, há duas formas radicalmente distintas de ver o Homem: ou vendo-o estritamente como um animal, supostamente sujeito a um determinismo hereditário que condiciona decisivamente a sua acção, e que se relaciona exclusivamente com a ordem do factual — ou um ser dotado de liberdade espiritual e pessoal, que se relaciona com o valor subjectivo que, por sua vez, se relaciona com o Valor Absoluto.

Num dos postais anteriores fiz menção à tendência biologista e behaviourista contemporânea de considerar o ser humano como um animal totalmente sujeito ao determinismo genético ou biológico, sendo esta tendência ideológica um resquício do marxismo estalinista que se infiltrou na nossa cultura intelectual e que foi recuperada pela Nova Esquerda (por exemplo, com o gayzismo, o feminismo, e as políticas de discriminação positiva de grupos), para assim se tentar erigir um novo tipo de totalitarismo na Europa.

(continua)

Anúncios

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: