perspectivas

Quarta-feira, 21 Setembro 2011

Nunca se terá a certeza se Troy Davis assassinou Mark MacPhail

Filed under: ética,Justiça — O. Braga @ 6:08 am
Tags:

O cidadão americano Troy Davis vai ser hoje executado no Estado da Geórgia, depois de 20 anos no corredor da morte.
Pelo menos, o sistema de justiça dos estado americanos que praticam a pena-de-morte prevêem uma espécie de período de caução em que o cidadão sentenciado à pena capital aguarda que apareçam provas ou indícios que contrariem a sentença.

Este é um caso judicial controverso porque alguém assassinou um polícia que, por acaso, até era filho de um coronel do exército americano; não era só um polícia: era um polícia com família em West Point. A verdade é que depois de Davis morto, a probabilidade de este caso se vir a transformar oficialmente em erro judiciário diminui para quase zero. Um morto já morreu e não se fala mais nisso.

Talvez tenha sido Troy a matar o agente Mark MacPhail; ou talvez não, porque muitos dos testemunhos são contraditórios. Este caso é muito polémico e a execução de Troy Davis foi adiada por três vezes: hoje é a quarta data de execução.

Troy Davis recusou-se a comer a sua última refeição, justificando que a recusa como sendo a última; espera um milagre, diz ele.

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: