perspectivas

Domingo, 3 Abril 2011

Zita Seabra tem razão

As leis do aborto e do divórcio “na hora” são leis machistas. Os machos convenceram as mulas de que as ditas leis também servem os seus interesses, e de fora ficaram as crianças, os homens e as mulheres deste país. Estas leis revelam o machismo escondido da Esquerda, e a ideologia politicamente correcta transformou o mulismo na imagem espelhada do machismo.

Ambas as leis traduzem a aliança abstrusa entre a Esquerda marxista cultural (que inclui a Esquerda radical e a fabiana) e a Direita Neoliberal: “o inimigo do meu inimigo, meu amigo é”, é o lema. E o inimigo comum a ambas é a ética do humanismo cristão. Tanto a Esquerda (António Gramsci, Jerónimo de Sousa, Francisco Louçã, José Sócrates) como a plutocracia neoliberal (George Soros, Rockefeller, Bilderberg) escolheram a ética do humanismo cristão como alvo a abater; são aliados nesse desiderato.

As ditas leis precisam de revisão urgente.

===> Modernos e progressistas – por Zita Seabra

1 Comentário »

  1. As leis do aborto e do divórcio “na hora” são leis machistas.

    é igualzinho ao islão. para um muslo se divorciar basta dizer 3 vezes repudio-te (até já se divorciam por SMS). se fôr uma musla a tentar divorciar-se, corre o risco de ser mais uma vitima da violência islâmica.

    Gostar

    Comentar por o islão fede — Terça-feira, 5 Abril 2011 @ 5:55 pm | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: