perspectivas

Quarta-feira, 15 Setembro 2010

O politicamente correcto, os me®dia e o humor

« New York Republicans have nominated a man to sit at the top of their ticket who has a history of sending obscene and racist e-mails to his “friends.” At least one of these e-mails used the n-word. He shrugs it off and blames it on his own wacky sense of humor. This is just unbelievable. »

The Huffington Post

Esta notícia começa por chamar racista ao novo dirigente do partido republicano em Nova Iorque, para no segundo parágrafo dizer que “pelo menos utilizou em um dos seus emails a palavra N”. Antes de continuar a comentar esta notícia, chamo a atenção para esta outra:

« La ministra de Igualdad, Bibiana Aído, ha justificado este miércoles el vídeo de UGT, sobre la discriminación laboral de la mujer, apuntando que se trata de una “sátira”. »




Voltando à primeira notícia, a do N de Negro.

Desde logo, parece que dizer que alguém é negro é insultuoso; parece que quem utiliza a palavra “negro” é racista. E de tal forma que o articulista não se atreve a pronunciá-la: em vez disso utiliza a “palavra N”. Negro é tabu. Ao mesmo tempo queos negros se reúnem em torno do conceito de negritude, na literatura e na cultura em geral, assistimos a um fenómeno cultural interessante que é o de a negritude passar a ser celebrada pelos negros ao mesmo tempo que o politicamente correcto branco — ou marxismo cultural, decorrente da cultura branca e europeia — não se atreve a pronunciar a “palavra N”.

O articulista diz que o político republicano “pelo menos utilizou em um dos seus emails a palavra N”; e, para se distanciar de uma tão pecaminosa conduta, nem se atreve a pronunciar a palavra (sacrilégio e blasfémia!). “Pelo menos uma vez”; pecado abominável que o puritanismo do gnosticismo moderno não tolera. Temos hoje um novo Jansenismo que reúne no seu seio os auto-eleitos e predestinados, escolhidos pela Providência para a salvação.

Por último: esta merda é jornalismo ?! Comenta-se a acção de um político através de um ataque ad Hominem baseado em “pelo menos um email” que ninguém sabe quem o recebeu, e mesmo se existiu ?!


A segunda notícia diz respeito à ministra feminista e abortista do governo de Zapatero. Perante um vídeo “sexista” — segundo os padrões do politicamente correcto —, a ministra abortista branqueia o “sexismo” do vídeo porque — implicitamente — o vídeo é de autoria da central sindical socialista espanhola, a UGT. Se um outro vídeo desligado da política correcta utilizasse a mesma linguagem, os me®dia politicamente correctos publicavam um chorrilho de protestos e de veemências; mas tratando-se de “gente da nossa equipa”, a coisa passa por ser “linguagem humorística”.

Quando a esquerda chama de puta e escrava à Mulher, é humor; quando o faz a direita, é sexismo. Temos aqui bem ilustrado o fenómeno ideológico de “tolerância repressiva”, segundo Marcuse: tudo o que vem da esquerda é bom (nem que seja uma barbaridade), e tudo o que vem da direita é mau.


Decorrente deste tipo de fenómeno cultural, as pessoas já não sabem bem o que é humor e o que não é; passam a rir e a abespinhar-se em função de uma ordem política, tal como acontece naqueles programas de televisão em que as pessoas se riem, aplaudem e choram a pedido da realização do programa. Hoje, perante uma anedota, as pessoas começam a ter medo de rir. O humor passou a ser coisa intima e privada, só possível dentro de quatro paredes da habitação.

As pessoas passam a rir-se sozinhas e isoladas, com medo de implicações políticas e atitudes persecutórias; têm medo de se rirem e levarem uma lambada política. E de repente, há alguém importante que se levanta e diz: — “sobre este assunto, podem rir à vontade porque a gente permite”.

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: