perspectivas

Terça-feira, 1 Junho 2010

Presidente polaco Lech Kaczynski: acidente ou assassínio ?

Filed under: Política — O. Braga @ 9:12 pm
Tags: , , , ,

Jane Burgermeister é a extraordinária jornalista austríaca que denunciou o caso das “farmacêuticas versus gripe dos porcos” que se transformou, na realidade, em um caso de propagação da gripe das aves através das próprias vacinas contra a gripe dos porcos. Podemos visitá-la no seu blogue em http://birdflu666.wordpress.com .

Jane Burgermeister investigou o caso acidente de aviação em que faleceu o presidente da Polónia, Lech Kaczynski, a sua mulher e toda a comitiva presidencial, que ocorreu em Abril passado em Smolensk, na Rússia. Desde logo, é estranho que praticamente nenhum chefe-de-estado e/ou de governo de países mais influentes tenha comparecido ao funeral do presidente de um país europeu com cerca de 60 milhões de habitantes. Obama alegou as cinzas vulcânicas da Islândia para estar ausente da cerimónia fúnebre , e Angela Merkel também. Porém, neste último caso, de Berlim a Varsóvia são apenas 400 quilómetros de automóvel que poderiam ser percorridos em duas ou três horas. O mesmo se coloca em relação a Sarkozy e a Berlusconi — parece que toda a gente se esquivou a ir ao funeral de Lech Kaczynski; a simples antipatia política para com o ex-presidente polaco não pode ser um argumento de justificação.

Os dados forenses do acidente foram recolhidos e tratados pelos russos, pelo que a população polaca duvida que alguma vez terá acesso ao que realmente se passou naquele fatídico dia 10 de Abril de 2010.

Existe um vídeo no Youtube em http://www.youtube.com/watch?v=GHHov-Us1wU (vídeo longo, com 144 MB) que dá conta das investigações de Jane Burgermeister. Por exemplo, existe um vídeo que foi filmado imediatamente a seguir à queda do avião presidencial em que se ouvem distintamente tiros (4 tiros que se podem ouvir distintamente), o que pressupõe a eventualidade de ter existido a “liquidação” de qualquer sobrevivente do acidente. Por outro lado, a Caixa Negra recolhida dos destroços do avião indica de que nada de anormal se passou com o avião — em termos técnicos — e que o Tupolev estaria em perfeitas condições de operacionalidade.

Este acidente faz lembrar em muito o acidente em que faleceu o presidente de Moçambique, Samora Machel. No último caso, os sensores do avião indicavam que este estaria em determinada posição geográfica e de altitude, quando na realidade acabou por embater no solo em uma zona montanhosa perto da fronteira da África do Sul com a Suazilândia. O avião do presidente Lech Kaczynski tinha um sistema especial de alerta do piloto em caso aproximação perigosa do solo, e parece que nem mesmo esse dispositivo especial funcionou.

Os serviços secretos russos (ex-KGB) tentaram impediram o acesso de jornalistas ao local, confiscaram fotos e vídeos, e testemunhos de jornalistas russos revelaram que o sistema de radar do aeroporto de Smolensk foi desmantelado imediatamente a seguir à visita do primeiro-ministro Donald Tusk, que ocorreu em 8 de Abril, ou seja, pouco tempo antes da visita do presidente Lech Kaczynski à mesma cidade. Ademais, testemunhas revelaram que as lâmpadas da iluminação da pista de aterragem do aeroporto de Smolensk foram mudadas por militares russos horas antes da prevista aterragem do avião presidencial polaco.

Um vídeo a ver em http://www.youtube.com/watch?v=GHHov-Us1wU .

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: