perspectivas

Terça-feira, 20 Abril 2010

A fé e a religião não são incompatíveis com a ciência

Filed under: cultura,filosofia,Religare — O. Braga @ 6:48 pm
Tags: , , , , ,

Um dos grandes argumentos do neo-ateísmo naturalista é o de que a ciência é incompatível com a religião. Em resultado deste argumento, muitos eminentes filósofos e teólogos assumem-no como correcto e enquistam-se em posições doutrinárias da Alta Idade Média — ou seja, fazem exactamente o jogo ideológico do monismo naturalista que se diz “científico”.

A posição correcta da religião deve ser, na minha opinião, exactamente demonstrar, por via da razão, aquilo que é óbvio: a religião não só não é incompatível com a ciência como em determinados aspectos a complementa e supre as suas lacunas.

Por mais eminente ou proeminente que o filósofo ou o teólogo seja, estará errado se não compreender que nos tempos modernos — e em relação ao homem moderno mais ou menos espiritualmente embotado pela prestidigitação da Técnica —, a compreensão da simbologia religiosa é um processo que começa pela simples indução, desenvolve-se por dedução lógica e chega finalmente ao desenvolvimento da intuição que permite a compreensão dos mistérios como sendo a manifestação da existência axiomática de origem divina, e não como dogmas que não têm que dar explicações a ninguém.

Através do processo indução/dedução lógica/compreensão intuitiva, todos os dogmas do catolicismo podem ser compreendidos. Exigir que o homem moderno os aceite sem este processo, é loucura.

Adenda: sobre o tema deste postal, ver este meu comentário.

3 comentários »

  1. Pela razão se atinge Deus, concordo! Aqueles que se deram ao cuidado de filosofar minimamente sobre o conhecimento, sabem disso. E Deus tornou-se visível…

    Gostar

    Comentar por Henrique Sousa — Quarta-feira, 21 Abril 2010 @ 12:28 pm | Responder

  2. João Duarte: o seu comentário não será publicado porque é um perfeito absurdo. Veja aqui por quê.

    Gostar

    Comentar por O. Braga — Quinta-feira, 22 Abril 2010 @ 10:58 am | Responder

  3. Como fazer ciencia sem transcendencia ???? Ciencia nao existe sem religiao, cepararam as duas coisas e veja oq os franceses e alemaes fizeram a seus proprios compatriotas, alem de perderem o bonde na ciencia .

    Gostar

    Comentar por Kalashnikov — Sábado, 24 Abril 2010 @ 11:41 pm | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: