perspectivas

Terça-feira, 23 Março 2010

Os porcos ambientalistas, ou os ambientalistas porcos

O “porco ambientalista” é um animal transgénico desenvolvido na universidade de Guelph, no Canadá, que tem uma mistura de ADN de rato. É o “porco-rato”, que se pretende introduzir na alimentação humana porque, segundo dizem os investigadores, produz menos 70% de fósforo nas suas fezes do que um porco-porco.

Os cientistas da dita universidade dizem que nunca provaram a carne do porco-rato (ou do ambientalista porco) mas dizem que, a julgar pelas análises químicas realizadas, a carne do porco-rato não é diferente da carne do porco-porco ― decididamente, a ciência e a culinária parecem ser incompatíveis; se fôssemos a cozinhar baseando-nos em resultados de análises químicas dos ingredientes, não seriam precisos os chefes-de-cozinha…

O problema dos ambientalistas porcos, ou melhor, dos porcos ambientalistas, não fica por aqui. Existem cabras transgénicas desenvolvidas com alteração de ADN de cujo leite se extrai filamentos de seda de aranha (a “cabra-aranha”); e uma truta que se misturou com uma espécie de vaca belga (a “vaca-truta”) que se pretende venha a ter mais carne do que a truta normal. E ainda não se lembraram se produzir o “Abutriu”, que é a mistura de ADN de um abutre com as P…Q…os Pariu !

1 Comentário »

  1. 😆

    Gostar

    Comentar por Henrique — Quinta-feira, 25 Março 2010 @ 11:20 pm | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: