perspectivas

Sábado, 20 Fevereiro 2010

A destruição gayzista da linguagem e dos símbolos



O processo gayzista da destruição dos símbolos cristãos, através da obliteração da linguagem, é clara:

«Jesus Cristo era boa pessoa porque tomava no cu. Se Ele não tomasse no cu, não seria boa pessoa. Por isso, se você quer ser boa pessoa, tem que tomar no cu. O facto de uma pessoa ser boa, do ponto de vista ético e moral, depende exclusivamente do facto de abafar a palhinha. Todas as pessoas que não levam no cu são potencialmente negativas e más.

Naturalmente que Buda, que também teve discípulos e não teve discípulas, também levava no cu, e por isso também era boa pessoa. O ser “boa pessoa” está directamente relacionado com a introdução de um pénis no orifício anal. A iluminação espiritual do ser humano depende exclusivamente do apanascamento.

E não tenham dúvidas: a irmã Teresa de Calcutá era lésbica, porque na Índia ela criou uma irmandade feminina que cuida dos leprosos, e não uma irmandade masculina. E por aí fora. Não há, em toda a História, uma personagem notável, do ponto de vista ético, moral e humanístico, que não tomasse no cu. E aqueles personagens históricos de que não há notícia de que tomassem no cu, eram gays recalcados que “não saíram do armário”. Levar no cu é a condição “sine qua non” para a evolução e progresso espirituais do ser humano. O gay é o novo super-homem.»

4 comentários »

  1. Ainda bem que opnião de Elton John sobre religião vale tanto quanto a opnião de Eistein sobre culinária.

    Como bem disse Olavo de Carvalho no livro “O Imbecil Coletivo”, não existe um único exemplo sequer de asceta, religioso, mistico ou qualquer pessoa de espiritualidade elevada que tenha sido homossexual. Mas exemplos de tiranos não faltam como vários integrantes do partido Nazista.

    Gostar

    Comentar por shâmtia ayômide — Sábado, 20 Fevereiro 2010 @ 2:34 pm | Responder

  2. O Elton John é mais ou menos como o Caetano Veloso: há muito tempo parou de fazer boas canções e se dedica agora a falar besteiras ‘chocantes’ pra ver se aparece.

    Há algum tempo, o EJ falou que a Igreja Católica era culpada pela morte de seus amigos homossexuais aidéticos! Como se os gays contraíssem AIDS enquanto fazem sexo anal com 500 parceiros em obediência à Igreja…

    Abs,
    Carlos

    Gostar

    Comentar por liberdade de expressão — Domingo, 21 Fevereiro 2010 @ 12:18 am | Responder

  3. É revoltante e me deu nauseas ler essas opiniões de um ser de grande relevancia social.
    Afirmações sabidamente tendenciosas e mentirosas não merecem analise.
    Só nos resta rezar para que jovens e incultos não aceitem tais afirmativas repugnantes, como verdades.

    Gostar

    Comentar por Paulo Roberto M. Tristão — Domingo, 21 Fevereiro 2010 @ 10:32 am | Responder

  4. Digo mais, tomar no cu é mais relevante que mil diplomas, formação intelectual, leitura compulsiva. Tomar no cu faz de você exemplo a ser seguido. É condição para ser mártir.Aqui no Brasil o Prof. Dr. Luiz Mott afirmou que era bundista de 500 mancebos e…Ganhou um prêmio dado pelo Governo Federal!

    Gostar

    Comentar por bebeto_maya — Quarta-feira, 24 Fevereiro 2010 @ 11:59 pm | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: