perspectivas

Terça-feira, 9 Fevereiro 2010

O discurso conservador

« O termo “conservador” denota a adesão a princípios e valores atemporais que devem ser conservados a despeito de toda mudança histórica, quando mais não seja porque somente neles e por eles a História adquire uma forma inteligível. Por exemplo, a noção de uma ordem divina do cosmos ou a de uma natureza humana universal e permanente. »

― Olavo de Carvalho, Por Trás das Palavras

A diferença entre conservadorismo, revolucionarismo (direito e esquerdo) e liberalismo.

Anúncios

2 comentários »

  1. Sobre o conservadorismo, um texto interessante do João Pereira Coutinho:
    http://www.dicta.com.br/edicoes/edicao-3/em-busca-do-equilibrio/
    abraços!

    Gostar

    Comentar por Eduardo — Terça-feira, 9 Fevereiro 2010 @ 4:18 pm | Responder

  2. Em termos gerais, identifico-me mais com o texto do Olavo de Carvalho. A ideologia racionaliza a partir de factos, o conservadorismo procura cada momento a racionalidade dos próprios factos. Nesse sentido, não podemos identificar o conservadorismo com o conceito de ideologia que saiu do Iluminismo. Ou se tivéssemos que classificar o conservadorismo como ideologia, seria a única consentânea com a condição do ser humano como criatura.

    Gostar

    Comentar por O. Braga — Terça-feira, 9 Fevereiro 2010 @ 9:12 pm | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.