perspectivas

Sábado, 5 Dezembro 2009

A expressão europeia do fascismo gay

O gayzismo começou por pedir a aplicação do princípio da não-discriminação para as parafilias gayzistas, para agora alterar já as suas reivindicações políticas para o princípio da não-distinção. Como se explica neste texto, “o princípio de não-distinção não faz consideração nenhuma se um tratamento diferenciado é justo ou injusto, já que é proibido é o tratamento diferenciado em si.”

Por outro lado, o que a União Europeia está a tratar de fazer é criminalizar a homofobia ― não no sentido da criminalização da violência exercida sobre gays, porque isso já é crime (não só para os gays, mas para toda a gente) estabelecido pelo nosso Código Penal, mas no sentido da criminalização da opinião contra o acto homossexual. Isto significa que, se o que está a ser “cozinhado” pelo lóbi gay na União Europeia for adiante, a Igreja católica passa a ser uma organização criminosa, por um lado, e qualquer opinião de um cidadão que se expresse contra o acto homossexual será considerada como sendo um crime punível com pena de prisão (delito de opinião).

Já expliquei aqui por que é que o gayzismo é perigoso, fascista e atentatório das liberdades individuais do cidadão, nomeadamente no que respeita à liberdade de opinião, mesmo que essa opinião seja apenas a constatação de um facto: quando eu digo que “um gay toma no cu”, estou apenas a constatar uma verdade de facto. Contudo, o gayzismo considera que essa minha constatação de uma verdade de facto é insultuosa para os gays ― ou seja, o facto de um gay tomar no cu não pode ser objecto de nenhuma opinião ou consideração valorativa negativa, a não ser da parte de outro gay: só um gay pode criticar o comportamento de outro gay; o resto da opinião pública nesta matéria passa a ser proibida por lei.

Creio que chegou a altura de o presidente da república convidar o presidente da Rússia, Vladimir Putin, para uma visita de Estado a Portugal.

Adenda: eu estou absolutamente convencido de que só se vai conseguir parar essa tropa com recurso à violência: « ‘Safe schools’ chief recommends child porn for classroom reading — ‘Sex acts between preschoolers’ among subjects of books backed by openly ‘gay’ Obama adviser »

A ler:

Anúncios

1 Comentário »

  1. Sobre a questão gay, alguns aspectos a ter em conta…
    http://www.youtube.com/user/TheForerunner777#p/c/D6BADC1A8E160100/0/3udI1ltCZ4s
    É absolutamente necessário estudar a Maçonaria e os seus objectivos para se ter uam visão global das coisas – na medida do possível.

    Gostar

    Comentar por Florindo Abelha — Domingo, 6 Dezembro 2009 @ 7:51 pm | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: