perspectivas

Terça-feira, 5 Agosto 2008

Nojo (2)

Filed under: Maddie — O. Braga @ 8:03 pm
Tags: , , , , ,

Esta imagem foi captada e gravada por um circuito interno de televisão de uma bomba de gasolina em Lagos, 13 horas depois de Maddie ter desaparecido.


Uma trabalhadora de um supermercado holandês de 41 anos de nome Ana Stam, dirigiu-se a uma menina e perguntou-lhe o nome, ao que esta respondeu: “Maddie“; e sobre uma pergunta acerca da sua mãe, a menina respondeu: “Tiraram-me das minhas férias“.

Dutch shop worker Ana Stam, 41, said she spoke to a little girl aged three or four who said her name was “Maddy” and replied to a question about her mother: “They took me from my holiday.”

Naturalmente que o gorila Amaral ignorou esta e outras pistas da investigação. Não dava muito jeito ao lobby pedófilo.

Ms Stam was at the back of the shop when the young girl approached her and asked in English without an accent: “Do you know where my mummy is?”
The shop assistant answered that her mother was a little further back in the store but the child replied, “She is not my mummy,” and added: “She is a stranger, she took me from my mummy.”
When Ms Stam asked the girl where she last saw her mother, she said: “They took me from my holiday.”

4 comentários »

  1. já tinha visto.

    Gostar

    Comentar por Delfina — Terça-feira, 5 Agosto 2008 @ 9:52 pm | Responder

  2. […] holandesa Anna Stam, que alegadamente avistou Maddie com quem conversou, vai a Londres encontrar-se com os […]

    Gostar

    Pingback por Madeleine McCann — actualizações « perspectivas — Sexta-feira, 8 Agosto 2008 @ 6:30 pm | Responder

  3. Se eu fosse um raptor, não ia parar numa bomba de gasolina com a criança raptada. Toda a gente sabe que as bombas de gasolina são vigiadas com cameras e que há gravação de imagens. Não faz sentido, a não ser que a pessoa fosse muito, muito burra.

    Gostar

    Comentar por Mónica Leal — Quarta-feira, 27 Agosto 2008 @ 1:31 am | Responder

  4. Mónica: grande parte das crianças desaparecidas nos Estados Unidos e recuperadas pela polícia são-no graças a erros infantis dos raptores. Não há crimes perfeitos.

    Gostar

    Comentar por O. Braga — Quarta-feira, 27 Agosto 2008 @ 12:32 pm | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: