perspectivas

Segunda-feira, 10 Março 2008

O complexo de inferioridade brasileiro

Filed under: Portugal — O. Braga @ 7:20 pm
Tags: , , ,

Bem patente aqui.

8 comentários »

  1. Como brasileiro e monarquista que sou não posso e nem devo concordar com esse infeliz comentário. Se as autoridades republicanas brasileiras são de pequeno porte (intelectual, social…)isso não se deve ao nosso povo que, há mais de um século, resiste as práticas pouco probas e dignas dos dirigentes do Estado Brasileiro. Nosso povo é pacífico, bom, caridoso (e vejam só: marca nitidamente ibérica e latina), enfim, reune as melhores vitudes dentro de si. Creio que isso não passa de inveja que certos portugueses nutrem pelo Brasil, pois enquanto Portugal é um desconhecido perante seus vários outros irmãos europeus (que dão esmolas esporádicas), o Brasil, apesar de seus muitos e constrangedores problemas, melhora, não pelas mãos de certo Lula da Silva, mas melhora por si, graças a sua natural tendência de superar obstáculos. Aprendam os portugueses conosco, pois um dia, provavelmente, seremos potência, enquanto Portugal ficará, para afogar suas mágoas, tentando lembrar seu perdido passado, lustrando, apenas nos livros, um pouco do brilho da ausente glória. Aprendam enquanto é tempo!

    Gostar

    Comentar por Frederico Guilherme de Lenthe — Segunda-feira, 17 Março 2008 @ 11:14 pm | Responder

  2. Ah! E mais uma coisa:

    Creio que, hoje, você, ó grande lusitano Orlando, tenha se esquecido do é ser português.

    Sou descendente de espanhóis, franceses, alemães, russos, austríacos, romenos, italianos, belgas, ingleses, ect, ect, ect, e de portugueses.

    Meu trisavô paterno, nascido em Lisboa, dizia: “O Português é o povo mais sincero e apaixonado da Europa. Só espero que eles não se esqueçam do que são; do amor que eles têm pela bandeira da Cruz. Enquanto o português não olhar para os lados, para seus vizinhos, ele será grande. Será grande e olhará os outros com grandeza, como iguais, nunca como menores, mas como irmãos”.

    Eu concordo com meu trisavô. Concordo porque amo o povo português. Mas, ora, quem fala o que quer (como o senhor o fez) ouve o que não quer.

    Melhoras.

    Gostar

    Comentar por Frederico Guilherme de Lenthe — Segunda-feira, 17 Março 2008 @ 11:24 pm | Responder

  3. É incontestável que não é correcto fazer um chefe-de-estado de um país amigo esperar duas horas para uma recepção. O que o PR do Brasil fez só tem uma explicação: COMPLEXO DE INFERIORIDADE. Contra factos, não há argumentos. Não havia necessidade de um comportamento deste tipo.

    Foi só isso que quis sublinhar aqui.

    Gostar

    Comentar por Orlando — Segunda-feira, 17 Março 2008 @ 11:57 pm | Responder

  4. Concordo com o senhor quando diz que “é incontestável que não é correcto fazer um chefe-de-estado de um país amigo esperar duas horas para uma recepção”. No entanto, o presidente Lula da Silva, apesar de ter sido eleito, não é, necessariamente, um representante da nação no pleno sentido do plano histórico-emocional brasileiro(se é que o senhor me entende…), portanto, o senhor não pode generalizar; como se o povo brasileiro vivesse imerso num “complexo de inferioridade”.

    Sapateiro, não vás acima das sandálias.

    Popular=Nacional: Falsa Equação.

    Gostar

    Comentar por Frederico Guilherme de Lenthe — Terça-feira, 18 Março 2008 @ 1:06 am | Responder

  5. Meu caro,

    Sou brasileiro, e com muito orgulho. Meu amigo, o barão de Lenthe, me avisou do que o senhor sugere nesse texto. Ora, os brasileiros são o povo mais cordial desse mundo. O senhor não pode, e nem deve, julgar os brasileiros pelo execrável erro de um (o Lula).

    Que as coisas possam melhorar.

    Gostar

    Comentar por Clemente von Reuss — Terça-feira, 18 Março 2008 @ 1:20 am | Responder

  6. Em primeiro lugar, tenho que lhe dizer que acho um absurdo o senhor, que, na verdade, mora no país mais rejeitado da Europa, tenha esse tipo(tão pernicioso) de opinião sobre o Brasil. Aliás, só para que o senhor saiba, toda a “riqueza portuguesa” veio do Brasil; saiu de nós, passou por Portugal (sempre quebrado financeiramente) e chegou na terra da rainha (a Inglaterra.

    O presidente Lula é um tonto por tratar, tão mal, os representantes portugueses, mas, creia-me, não acho digno ofender todo um povo pela grosseria de um único ser (se é que ele é).

    Deus nos guarde, brasileiros e portugueses, pois somos povos irmãos.

    Gostar

    Comentar por Manuel de Coimbra Ferreira e Braga — Terça-feira, 18 Março 2008 @ 11:01 pm | Responder

  7. Os comentários falam por si.

    Gostar

    Comentar por Orlando — Terça-feira, 18 Março 2008 @ 11:52 pm | Responder

  8. SAR D. Duarte procedeu com dignidade. «Nunca sirvas a quem serviu, nem peças a quem pediu…», é como classifico a atitude de Lula.

    Gostar

    Comentar por Henrique — Quarta-feira, 19 Março 2008 @ 5:39 pm | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: