perspectivas

Sábado, 19 Setembro 2009

Ireland’s 100 Reasons to Vote ‘No’ to the Lisbon treaty

shamrocknay

Ireland’s 100 Reasons to Vote ‘No’ to the Lisbon treaty

Quarta-feira, 3 Junho 2009

Todo o político federalista é um traidor à Nação Portuguesa

O que é o Tratado de Lisboa?

european-union
(more…)

Quinta-feira, 11 Dezembro 2008

A estratégia do “referendo do aborto” aplicada à Irlanda

Clique

Clique

O povo não quis o aborto num determinado referendo? Faz-se outro, e outro, e outro, até que o povo concorde em abortar à fartazana.

Esta forma de convencer o povo da sua mentecapcia é utilizada também na tentativa de modificar a opinião dos irlandeses. O povo irlandês disse “não” ao Tratado de Lisboa num referendo? Faz-se outro, e outro, quantos forem necessários, até que o povo se convença de que é estúpido.

Esta postura do Poder é uma característica da Pós-democracia. Os políticos podem ganhar o jogo, mas não convencem o povo, o que significa que estão derrotados a prazo.

Sexta-feira, 13 Junho 2008

Irlandeses dizem NÃO ao leviatão

Ainda este Tratado não foi a enterrar, e apesar do Papa ter apelado ao voto no SIM por parte dos católicos irlandeses (o que eu acho extraordinário!), já lhe arranjam sucessor.

A Europa — se é que podemos conceber uma Europa — terá que ser construída a partir dos seus cidadãos, e não através de uma constituição forjada por uma nomenclatura clarividente. Para que isso aconteça, terá que existir um debate em cada país sobre que Europa queremos, e não que nos enfiem pela goela a Europa que a elite política pretende, para poder alimentar as suas extravagâncias que insultam os povos que dizem representar. Para mau, já basta assim; para piorar, não nos interessa.

Os tiques totalitários desta Europa foram nitidamente descodificados pelos cidadãos irlandeses. Estou convencido de que se existissem referendos nos 27 países da União, a maioria votaria “não”; exactamente por isso, a elite política europeia optou por um putsch constitucional global, contornando a democracia e impondo, por via da ratificação parlamentar não mandatada para o efeito específico, transferências de soberanias que afectam os destinos colectivos dos seus respectivos povos. O Tratado de Lisboa é um acto vergonhoso perpretado por uma associação de malfeitores.

Vou ficar à espera das reacções histriónicas dos políticos ressabiados. Post a actualizar.
(more…)

Domingo, 25 Maio 2008

“O Tratado de Lisboa é para malucos”, diz comissário europeu

Filed under: Europa — O. Braga @ 2:45 am
Tags: , , ,


«European Commissioner Charlie McCreevy has said that no “sane person” would want to read the European Union’s Lisbon Treaty, the Irish Independent reported Saturday, May 24.»

Theme: Rubric. Get a free blog at WordPress.com

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 520 outros seguidores