perspectivas

Terça-feira, 10 Dezembro 2013

Obama no funeral de Mandela

Filed under: A vida custa — O. Braga @ 8:59 pm
Tags: , ,

 

obama-mandela1

 

obama-mandela2obama-mandela3

Fonte

Quarta-feira, 9 Outubro 2013

A liberdade nos Estados Unidos de Obama é cada vez mais restritiva

Filed under: Obamacrimes — O. Braga @ 6:09 am
Tags: , , , , ,

 

Se eu tivesse hoje 20 anos e tivesse que planear o meu futuro, emigrando, preferiria emigrar para a Rússia do que para os Estados Unidos.

obama proibe missas

Quinta-feira, 24 Janeiro 2013

Sinais da decadência acelerada dos Estados Unidos

Um país que manda as mulheres para a guerra, em situação de combate e de morte iminente, é um país decadente.

As mulheres são o garante da continuidade de uma sociedade, porque só elas nos dão as crianças. E por isso, as mulheres devem ser protegidas e afastadas de situação de morte iminente em situações de guerra.

Em nome da “igualdade”, os “progressistas” obamistas mandam as mulheres para a guerra.

Sábado, 10 Novembro 2012

A julgar pelo pasquim / jornal Público, Ronald Reagan teve um “casamento moderno”

Mas a fotografia tem uma notável mensagem latente, muito específica. Ao contrário de muitas imagens de casais políticos, em que o marido reclama a sua mulher num gesto simbolicamente possessivo – tocando-lhe no ombro, levantando a sua mão ou beijando-a -, o abraço entre estas duas pessoas parece mútuo. A primeira-dama é, entre muitas outras coisas, uma mulher alta, famosa pelos seus músculos tonificados, e nesta imagem, o abraço é tanto dela como dele. O Presidente parece precisar deste abraço, parece quase dependente e até vulnerável. Os obrigatórios sinais masculinos de liderança – determinação, auto-suficiência e equanimidade emocional – dissolvem-se, obliterados pela comunhão daquelas duas pessoas perdidas no seu próprio mundo.

via O que está numa foto: a definição de um casamento moderno – Mundo – PUBLICO.PT.

A foto de Obama a que o pasquim Público faz referência é esta já a seguir:


As fotos que se seguem são do presidente Ronald Reagan e da sua mulher, Nancy:



A estupidez presentista do politicamente correcto prima pela falácia ad Novitatem e pela tentativa permanente de corte epistemológico mesmo com o passado muito recente. A estupidez presentista do politicamente correcto pretende continuar a guerra perdida pelo marxismo clássico da construção do Homem Novo.

Obama é visto, aqui na foto e no artigo do pasquim Público, ou seja, pela estupidez presentista do politicamente correcto, como o protótipo do “Homem Novo” no “Casamento Novo”; só lhe falta, na foto, o “Cão Novo”, a “Casa Nova”, e o “Admirável Mundo Novo”.

A apologia estúpida e politicamente correcta em relação a Obama transformou-o numa espécie de Rei Midas contemporâneo: tudo em que ele toca se transforma em ouro. O problema é que o povo americano não consegue comer nem digerir metais.

Quarta-feira, 7 Novembro 2012

Venceu o populismo utopista de Obama

Filed under: Decadência do Ocidente,Política — O. Braga @ 7:06 am
Tags: ,

A reeleição de Obama, mesmo com uma pequeníssima diferença, significa por um lado a continuação do marasmo das economias americana e mundial pelo menos por mais quatro anos, e por outro lado, implicará certamente a radicalização da política marxista cultural de Obama — porque sendo o seu segundo mandato, Obama já não tem nada a perder quando tentar impôr agora a sua agenda ideológica privada.

A reeleição de Obama significa também que o tradicional pragmatismo americano, que caracterizou não só a filosofia americana do início do século XX, mas também a política americana desse século, foi definitivamente substituído por um idealismo utopista. Com a continuidade de Obama, a degradação da cultura intelectual e antropológica americanas irá de vento em popa, tal como irá em passo acelerado a decadência da cultura da maioria dos países da União Europeia.

Para os inimigos do Ocidente e do seu legado histórico e civilizacional, a reeleição de Obama é uma boa notícia.

Sexta-feira, 5 Outubro 2012

Para mais tarde recordar…

Filed under: Obamacrimes — O. Braga @ 7:17 pm
Tags: , , ,

Quinta-feira, 4 Outubro 2012

Ou é da minha vista, ou Obama “vai levar no corpo”

Filed under: Obamacrimes — O. Braga @ 8:40 am
Tags: , , ,

Os “swing states” dos Estados Unidos mudaram de opinião. Ou há um milagre, ou Obama perdeu as eleições. E a julgar pelo silêncio dos me®dia portugueses, a coisa deve estar feia para Obama.

Quarta-feira, 3 Outubro 2012

A família Obama custa ao povo 20 vezes mais do que a família real inglesa

Taxpayers spent $1.4 billion dollars on everything from staffing, housing, flying and entertaining President Obama and his family last year, according to the author of a new book on taxpayer-funded presidential perks.

In comparison, British taxpayers spent just $57.8 million on the royal family.

Author Robert Keith Gray writes in “Presidential Perks Gone Royal” that Obama isn’t the only president to have taken advantage of the expensive trappings of his office. But the amount of money spent on the first family, he argues, has risen tremendously under the Obama administration and needs to be reined in.

via Taxpayers spent $1.4 billion on Obama family last year | The Daily Caller.

Segunda-feira, 13 Agosto 2012

‘Se contactarem com marcianos avisem-me imediatamente’, ordenou Obama

Filed under: A vida custa,Esta gente vota,Tirem-me deste filme — O. Braga @ 9:12 pm
Tags: ,

O Presidente dos Estados Unidos felicitou hoje a equipa da NASA responsável pelo robot ‘Curiosity’, que aterrou há uma semana em Marte, e falou com o seu director a quem pediu que se contactarem com marcianos que o avisem «imediatamente».

via 'Se contactarem com marcianos avisem-me imediatamente' – Internacional – Sol.

Sexta-feira, 10 Agosto 2012

Obama e a destruição da linguagem

À semelhança do que faz, em Portugal, o Bloco de Esquerda, o Partido Comunista, e até a ala radical do Partido Socialista, a administração de Obama destrói a linguagem do senso-comum, no sentido de fazer avançar uma agenda política totalitária. É o caso da substituição, nos discursos oficiais, da frase “liberdade religiosa” por “liberdade de culto”. Obama nunca fala em “liberdade religiosa”: em vez disso usa o termo “liberdade de culto”.

A “liberdade de culto” remete para a confinação da religião à vida privada do indivíduo, limitando e mesmo proibindo a sua expressão pública. A “liberdade de culto” significa que o indivíduo é apenas livre de praticar a sua religião em sua casa.

Por outro lado, ao contrário do que acontece com a “liberdade religiosa”, a “liberdade de culto” exclui o direito de o indivíduo 1) educar os seus filhos na sua religião; 2) de ter em sua posse literatura religiosa; 3) de organizar encontros públicos religiosos; 4) de organizar recolha de fundos para a sua congregação religiosa; 5) de eleger os seus líderes religiosos; 6) de organizar acções públicas caritativas; 7) de evangelizar; e, em última análise, 8) de limitar ou mesmo proibir a actividade educativa dos seminários religiosos.

O passo seguinte do politicamente correcto será o de privatizar a política — circunscrevendo a liberdade política ao interior da casa do cidadão. Em vez de “liberdade política”, utilizarão possivelmente a expressão “liberdade de pensamento”: o cidadão passa a ser apenas livre de pensar.

Destruindo a linguagem e o senso-comum, a agenda política totalitária politicamente correcta e gayzista avança sem que ninguém se lhe oponha.

[ via ]

Quinta-feira, 9 Agosto 2012

A provável razão por que Obama esconde o seu passado do povo americano

Filed under: Obamacrimes — O. Braga @ 9:08 pm
Tags: ,

Quinta-feira, 17 Maio 2012

Frank Marshall Davis é pai de Obama?!

Filed under: A vida custa — O. Braga @ 7:23 pm
Tags:

«In a new film entitled, “Dreams from My Real Father: A Story of Reds and Deception,” director, Joel Gilbert, puts forth the chin-stroking thesis that the notorious communist Frank Marshall Davis was Obama’s father, not the communist from Kenya, Barack Obama.

The “birthers” were on the right track, but the road did not lead to Kenya, not as his birthplace, anyway. Obama was born in America, just not to the father he claimed.»

via New film: Barack Obama’s real father was communist Frank Marshall Davis | Quite Normal.

George Obama é meio-irmão de Barack Obama


(more…)

Página seguinte »

Theme: Rubric. Get a free blog at WordPress.com

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 525 outros seguidores