perspectivas

Quarta-feira, 10 Outubro 2012

Quando a conjunção da dívida e da permanência no Euro se torna numa forma de fascismo


A democracia pode-se transformar numa ditadura quando é imposta à força pelo Estado para justificar a fome de muitos e a riqueza obscena de alguns.

Qualquer crise é um acréscimo de incertezas; as desordens tornam-se ameaçadoras. E só os escribas psicopatas e bovinotécnicos do Blasfémias defendem a ideia da permanência da incerteza extrema que amputa o futuro de qualquer sociedade.

Em geral, o que se escreve no Blasfémias é vergonhoso! A imposição ad Aeternum da incerteza, na nossa sociedade, transformou-se em uma arma ideológica e política neoliberal. E quem defenda uma qualquer clarificação que permita sair da crise é considerado personna non grata, em nome de uma espécie de puritanismo que antagoniza e compete com o do Bloco de Esquerda.

Esse puritanismo neoliberal passa pela projecção da culpa (qualquer psiquiatra explica isso). A culpa é dos outros, dos que não são do “clube” ideológico. Quando as regulações falham ou quebram, ainda assim, a culpa é dos outros. Os puritanos nunca têm culpa.

Entretanto, em Itália, Monti baixa os impostos para os rendimentos mais baixos! Lá se vai o puritanismo bovinotécnico do Blasfémias “por água a baixo”! Melhor seria que os puritanos coelhistas saíssem de vez do poleiro, e Cavaco Silva constituísse um governo de consenso nacional.

About these ads

Deixe um comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed para os comentários a este artigo. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

The Rubric Theme. Create a free website or blog at WordPress.com.

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 497 outros seguidores