perspectivas

Quarta-feira, 3 Outubro 2012

Censura gay / homossexualista no Facebook

O meu artigo censurado pelo Facebook é o seguinte:

http://espectivas.wordpress.com/2012/09/17/o-feminazismo-e-a-construcao-paulatina-do-homofascismo/

About these ads

1 Comentário »

  1. Os promotores da igualdade e da diversidade não gostam de ouvir (ler) as verdades. O plano é muito simples e está delineado há muito, o gayzismo tornar-se-á a principal religião política num futuro próximo [se é que não o é já], e portanto, todas as tentativas de alertar e esclarecer serão abafadas e ridicularizadas, e brevemente poderão até ser punidas por lei. Veja o caso do 1º comentário ao post em questão (17-09-2012)…

    Premeia-se a mentira e a perfídia e castiga-se a verdade e a lisura. Mas o mais grave de tudo, voltando ao tal 1º comentário do post, é as pessoas confundirem a todo o instante a ordem natural das coisas com a desordem material que a fé metastática impõe aos espíritos. A argumentação é fastidiosa e “enlameadamente” destituída de qualquer objectividade. E este é apenas um exemplo, porque quando o tema é desmontar o homofascismo, a argumentação contrária é sempre a mesma.

    Na minha opinião, só uma solução para isto, separatismo total, puro e duro. Construir um “apartheid” civilizacional.

    Comentário por Filipe Crisóstomo (@Skedsen) — Quinta-feira, 4 Outubro 2012 @ 10:37 am | Responder


RSS feed para os comentários a este artigo. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

The Rubric Theme Blog em WordPress.com.

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 445 outros seguidores