perspectivas

Quarta-feira, 8 Agosto 2012

O igualitarismo desastroso de François Hollande

Filed under: economia — orlando braga @ 8:39 am
Tags: ,

Um rendimento mensal e pessoal de 16.700 contos de reis [83.300 Euros mensais], antes de impostos, daria para comprar, todos os meses, por exemplo, um Mercedes-Benz a diesel básico e sem extras, novinho em folha, e ainda restaria quase uma metade igual do rendimento total. 16.700 contos por mês são quase dois Mercedes-Benz por mês.

François Hollande lançou uma lei que taxa as pessoas que tenham um rendimento mensal a partir de 16.700 contos por mês em 75% — o que significa esse cidadão francês, depois de impostos, ficará com um míseros 4.100 contos líquidos por mês [20.450 Euros mensais], que nem sequer dão para comprar um Opel a diesel.

Eu compreendo a obsessão de Hollande com os rendimentos do cidadão, mas essa obsessão é ideológica e pouco tem de racional.

Em primeiro lugar, devemos saber se quem ganha 16.700 contos por mês merece, de facto, esse rendimento; ou melhor: se esse rendimento se coaduna com o seu mérito próprio, e se esse rendimento é produto ou o resultado de uma contribuição profícua desse cidadão para a economia real. Ou seja, nem toda a gente que ganha 16.700 contos , ou mais, por mês, deveria ser taxado da mesma maneira e tratado de uma forma igualitária pelo Estado. Por exemplo, um especulador financeiro não é a mesma coisa que um grande empresário industrial.

Em segundo lugar, e uma vez que Hollande trata tudo por igual e aplica a “chapa 5” a todas pessoas que ganham mais do que 16.700 contos por mês, os industriais franceses vão começar a procurar novos lugares na Europa onde se possam instalar sem quem tenham que pagar 75% de impostos sobre o rendimento pessoal. O problema não é tanto de fuga de impostos — não existe muita gente que ganhe mais que um milhão de Euros, mesmo em França —, mas é essencialmente um problema de fuga de know-how industrial e importação de desemprego [o desemprego vai aumentar em França].

About these ads

Deixe um comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed para os comentários a este artigo. TrackBack URI

AVISO: os comentários escritos segundo o AO serão corrigidos para português.

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Theme: Rubric. Get a free blog at WordPress.com

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 503 outros seguidores